Minha rua é um deserto

 

 

 

 

Vcs acreditam que uma impressora multi-uso HP de última geração estava sendo vendida aqui por 33 Libras? Multiplicando cada Libra por 2,72 Reais não dava nem 100 Reais. Paty estava interessada pq precisará de uma impressora deste tipo para desenvolver suas atividades de Doutorado. Isto foi no sábado e com a pressa para vir para casa acabou deixando para voltar no supermercado para fazer a compra no domingo mas o supermercado não abriu e  quando foi ontem já tinham acabado o estoque.

 
Mas foi melhor assim, pq ela  acabou comprando a Epson SX115 por 49,97 Libras, mais cara um pouco mas muito melhor. Comparando as duas, a Epson tem o escaner horizontal e escaneia qualquer documento independente da textura ou tamanho, vcs sabem como é. E ainda tem o sistema OCR que decodifica o texto que escaneou transformando em arquivo texto para o Word. Muito melhor para o proposito dela nas atividades do doutorado. E se vcs fizerem as contas para real não ficou nem por 240 reais.
 
Onde no Brasil que se acharia um equipamento destes por este preço? E olhem que o país está em desenvolvimento e preços baixos nestes equipamentos daria um impulso muito grande no desenvolvimento das classes menos favorecidas. Então, quanto mais subdesenvolvido for o país, mas os grandes fabricantes exploram o povo. Se bem que um dos problemas nossos aí no Brasil é a carga tributária que acaba encarecendo tudo também. 
 
O carro de Paty, um Focus 2001, muito conservado custou 2.100 Libras. Ou 5.672,00 Reais. Barato não? Eu estava pensando em levar um carro destes para mim mas só não levo pq o volante é ao contrário e o Detran não iria permitir ele rodar aí. rsrsrs. Vc sabe que não é por isso que não posso levar. Dinheiro não seria o problema, daria-se um jeito, vc sabe! rsrsrsrsrs. É a burocracia!!!!!!!!!!! kkkkkkkkkkk
 
Os carros são baratos. O problema é o Seguro. Pediram a Paty entre 1.800 e 2.500 Libras pelo seguro do carro. Tudo pq ela não tem Carteira de Habilitação Inglesa ainda, mas ela já deu entrada no processo e em breve estará de posse, pq é urgente que o carro seja segurado. Quando o proprietário do veículo tem Habilitação Inglesa o seguro cai quase para a metade dos preços. Não ter o carro segurado aqui é considerado falta de respeito e uma ofensa aos demais motoristas. Então, imaginamos que todos os veículos aqui são segurados.
 
A coisa mais dificil aqui é ver policiais. Já vi a Polícia da Comunidade passar aqui junto ao prédio mais de uma vez. Mas carro de polícia ou policiais ingleses mesmo até agora não vi. Ouço o barulho de cirenes na estrada que passa aqui perto de casa, mas na maioria das vezes são ambulâncias.
 
Eu acho que aqui não tem ladrões, vejo muito as coisas atoas, as casas não tem grades. As frentes são praticamente abertas em sua maioria, o que na verdade eles tem muito aqui são as cercas vivas que mais parecem mortas pq só servem como decoração natural, mas não impedem de ninguém ter acesso a frente da casa pq é tudo aberto.  Já vi muitas bicicletas jogadas nas frentes das casas. Não sei se eles as guardam aas noites. Não existe preocupação das pessoas, entendem?!.  
 
Conta uma lenda, que os ladrões em um tempo remoto saíam para roubar durante aas noites mas quando amanhecia o dia muitos haviam morrido de hipotermia e com isso foi indo,foi indo até morrer o último. Então, acabaram-se os ladrões. Boa lenda não é? Acabei de inventar. kkk
 
A maioria das casas aqui são geminadas. Umas encostadas nas outras. Nosso prédio é uma raridade estar separado. Tudo isto por causa do frio e da neve que com certeza faz parte de uma das estações daqui. Vcs verão nas fotos de nossa rua como são as casas, suas entradas, seus passeios e estacionamentos.
 
As casas de minha rua em sua totalidade estão sempre de portas e janelas fechadas. Vez por outra encontramos alguma pessoa na rua, crianças brincando de bola ou alguém em uma porta aqui ou ali, alguém mexendo em um carro.
 
A explosão demográfica da Inglaterra é baixa, está perto de tornar-se implosão demográfica. A  maioria das casas de nossa rua são ocupadas por duas ou três pessoas. A maioria sem crianças e adolescentes. Jovens são raros. A maioria são idosos que moram nas casas. Os jovens creceram e se foram. Bebês nascem poucos. Por isto as casas estão sempre fechadas. Quase não se vê ninguém, isto pq estamos chegando ao verão. Imaginem no inverno!? 
 
Eu, de vez em quando saiu para caminhar e depois de já conhecer um raio de 1 km em torno de nossa rua, eu passei a andar só na minha rua pq não preciso ir para loge e ela é toda plana e sempre dar sol nas horas que vou caminhar, não tem sombras e com isto fica mais quentinho. Raramente passo por alguma pessoa. Passam mais pessoas de carro do que pedestres. Minha rua é um deserto.  
 
Os carros estacionam tanto nas áreas da frente casas como em cima dos passeios públicos que aqui são largos e não passam quase ninguém. Nestes passeios públicos parte são de gramados e eles estacionam também em cima do gramado. Não existe fiscalização nem ninguém é multado por isto e uma das coisas mais raras aqui é ver-se um carro velho. A impressão que temos é de que todos são semi-novos.
 
As placas dos carros aqui também são engraçadas. Tem cinzas e amarelas. Tem no máximo 7 dígitos composto de letras depois números depois letras de novo. Ainda não descobrimos uma sequencia lógica, pq estas placas variam. Tem umas com 6 dígitos e até com 5 dígitos. É uma verdadeira balbúdia. A de 7 dígitos estão distribuídos em 2 letras, 3 números e mais 2 letras. Quando tem só uma letra, seguem-se 4 números e depois mais 2 letras.  Tem umas quadradas que tem metade dos dígitos na primeira linha e o restante na segunda linha. Sáo muito estranhas.
 
Tem carros muito engraçados aqui. Pintados com duas faixas em cima. Pintado em xadres com cores diferentes é óbvio. Tem uns modelos que nunca imaginaria que teria. Já pensei em tirar umas fotos para mostrar a vcs mas tenho receio de ser mal interpretado principalmente pq não saberia explicar em inglês que seria somente uma foto de lembrança. Mas, discretamente vou acabar fotografando mesmo. Outro dia passei por um tão engraçadinho, tão pequeno que pensei só dar para duas pessoas, que nada!, tinha 4 lugares. Quando cheguei perto ele dava em meu joelho! rsrsrsrsrs Um dia ainda fotografo ele.
 
Ah! Eu ia esquecendo de te falar que eu tenho visto alguns cães boxeres por aqui, mas até agora não vi nenhum como o americano “dikie” de nossa chácara. Rsrsrsrsrs e também aqui eles tem a pelagem mais escura e as caras mais enfesadas. rsrsrsrsrsrs
 
Abraços, por agora é só.

Sobre bellofilho

Meu nome é Augusto. Eu tenho 66 anos e sou aposentado. Sou compositor e cantor e ultimamente tenho me dedicado ao CD gospel que recentemente gravei, intitulado por "Eu te louvarei" que é o nome de uma das músicas.
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s