Um dia para matar as saudades

Sábado dia 22 de maio foi um dia de sol típico do Brasil. Não havia uma núvem no céu. O calor foi tanto que parecia que estávamos em um dia de sol brasileiro. Neste dia resolvemos fazer um passeio turístico à estrada de ferro e fizemos o percurso de Lufbra a Leister. Só que a estrada fica afastada do centro destas cidades. Fomos de carro e deixamos-o estacionado na estação que iríamos pegar o trem para o passeio. Foi uma manhã encantadora. Matei as saudades do “velho mochila e do calango” (trens que passavam outrora em Ubaíra na Estrada de Ferro de Nazaré que hoje não existe mais). Vcs não sabem de que tratam estes nomes. Mas o velho “mochila” era um trem vermelho que fazia a linha diariamente de Jequié a Nazaré. E o “calango” era um trem azul que fazia a mesma linha diariamente, um em um pela manhã e outro à tarde. Viajei neles algumas vezes para Jequié, Mutuípe e Nazaré para passear e quando painho ia a Salvador. Também andei pongando em trens mas uma vez caí e por pouco não morri, mas esta é outra história.

Então, agora vc poderá vislumbrar a beleza dos trens e das estradas de ferro que aqui na Inglaterra o estado manteve estas velhas linhas para a visitação turística em viagens panorâmicas. As “maria fumaças” rodam a óleo diesel, mas quase não notamos a diferença de nossas máquinas da Estrada de Ferro de Nazaré tal a semelhaná entre elas. Vc verá nas fotos a beleza e a graça de se ter mantido estes trens para o turismo. Se o estado não tivesse cometido a loucura de destruir a nossa Estrada de Ferro do Sudoeste Baiano, ela poderia estar prestando grande serviço no transporte de nossos produtos agropecuários, passageiros e acima de tudo um estímulo ao turismo. Ela era a nossa maior riqueza e destruíram-na.

Foi um momento de muita emoção para mim, embarcar de novo em um trem “maria fumaça” e ouvir o seu arrancar, os seus gemidos, o seu barulho nos trilhos e o seu apito. Jamais me esquecerei deste passeio. Vejam as fotos das Estações, o enorme trem, trilhos e ferros.

Sobre bellofilho

Meu nome é Augusto. Eu tenho 66 anos e sou aposentado. Sou compositor e cantor e ultimamente tenho me dedicado ao CD gospel que recentemente gravei, intitulado por "Eu te louvarei" que é o nome de uma das músicas.
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s